terça-feira, janeiro 15, 2008

Arquitectura ancestral

Foto Rui Lopes

Este tipo de construção é uma verdadeira obra de arte. Actualmente serve para albergar gado. Contudo ainda persistem vestígios de casas encaixadas nos penedos graníticos que criaram famílias alargadas típicas das regiões Montanhosas do Norte. Falo evidentemente da Quinta do Pobre.

Para ver este tipo de construção faça um passeio à Quinta do Pobre, no concelho de Carrazeda de Ansiães.

1 comentário:

Li Malheiro disse...

Olá.
Grande foto e grande momento. Eu guardo um momento especial vivido aí em convívio com o "Pobre", de nome, como ele nos confidenciou, tinha mil contos no banco de bragança, numa tarde de uma primavera quando ele nos convidou a beber um copo do seu vinho ecológigo, sem qualquer tratamento, morangueiro com umas azeitonas. Foi uma tarde inesquecivel ao pé dessas fragas que revelavam vida.
Foi bom recordar.
Obrigado, Rui Lopes, pela partilha deste momento.
Abraço.
Li Malheiro